Artisanal fishermen downstream of Tucuruí Hydroelectric Power Plant, Amazon, Brazil

  • Cassio Eduardo FLEXA Aluno de pós-graduação - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA, Campus Bragança, Coordenação de Aquicultura
  • Kátia Cristina Araújo SILVA Professor – Doutor – Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA
  • Israel Hidenburgo Aniceto CINTRA Professor – Doutor – Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA

Abstract

Fishing is one of the most traditional activities downstream Tucuruí dam, northeast Para State, generating occupation to many coastal families. The main fishing tackles used in the study area are the fishing nets and the main species are Plagioscion squamosissimus and Hypophthalmus marginatus. Most of the fish are sell cold. The socioeconomic characterization was conduct through semi-structured interviews using questionnaires with 109 anglers during June, August and September 2006 and April 2008. Respondents were mostly born in Para state (98%), male (89%), lived under a stable relationship (38%), 82.6% had children; family income of the majority was below the minimum wage (67%) and aged between 14 and 70 years, with incomplete secondary education (62%), about 27% of the fishermen are working on fisheries at last 5 to 9 years. The anglers interviewed associated fish stocks decline to factors such as use of fishing tackles out of specifications establishedin legislation.

References

AGOSTINHO, A.A.A.; OKADA, E.K.; GOMES, L.C.; AMBRÓSIO, A.M.; SUZUKI, H.I. 2005 Reservatório de Itaipu: estatística de rendimento pesqueiro. Relatório Anual (2004). Maringá, 1: 307p.

ARAÚJO, M.V.L.F. A pesca do camarão-da-amazônia a jusante da usina hidrelétrica de Tucuruí, Pará, Brasil. 2013. 98 p. (Dissertação de mestrado - Instituto Socioambiental e dos Recursos Hídricos, UFRA).

BRASIL. 2011 Instrução Normativa Interministerial nº 13 de 25 de outubro de 2011. Estabelece normas gerais à pesca para bacia hidrográfica do rio Tocantins e período de defeso para as bacias hidrográficas dos rios Tocantins e Gurupi. Diário Oficial da União. Brasília/DF.

BRASIL. 2015 Portal da Transparência. Disponível em: http://www.portaltransparencia.gov.br/defeso/defesoListaMunicipios.asp?UF=PA. Acesso em: 16 nov. 2015.

CASTELLO, J.P. 2004 Manejo da pesca e a interdisciplinaridade. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, 10(10): 163-168.

CEREGATO, S.A. e PETRERE-JÚNIOR, M. 2002 Aspectos sócio-econômicos das pescarias artesanais realizadas no complexo Urubupungá e a sua jusante no rio Paraná. Holos Environment, Rio Claro, 1(2): 1-24.

CINTRA, I.H.A.; JURAS, A.A.; ANDRADE, J.A.C.; OGAWA, M. 2007 Caracterização dos desembarques pesqueiros na área de influência da usina hidrelétrica de Tucuruí, estado do Pará, Brasil. Boletim Técnico Científico do Cepnor, Belém, 1(7): 135-152.

CINTRA, I.H.A., JURAS, A.A., SILVA, K.C.A., TENÓRIO, G.S., OGAWA, M. 2009 Apetrechos de pesca utilizados no reservatório da usina hidrelétrica de Tucuruí (Pará, Brasil). Boletim Técnico Científico do Cepnor, Belém, 1(9): 67-79.

CINTRA.I.H.A.; MANESCHY. M.C.A.; JURAS. A.A.; MOURÃO. R.S.N.; OGAWA. M. 2011 Pescadores artesanais do reservatório da usina hidrelétrica de Tucuruí (Pará, Brasil). Revista de Ciências Agrárias, Belém, 1(54): 61-70.

FAO - FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS 2007 The State of the World Fisheries and Aquaculture 2006. 176p.

JURAS, A.A.; CINTRA, I.H.A.; LUDOVINO, R.M.R. 2004 A pesca na área de influência da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, estado do Pará. Boletim Técnico Científico do CEPNOR, Belém, 1(4): 77-88.

MÉRONA, B.A.A. JURAS, G.M. SANTOS, CINTRA, I.H.A. 2010 Os peixes e a pesca no baixo Rio Tocantins: vinte anos depois da UHE Tucuruí. Brasília. 208p.

OLIVEIRA, J.C. e LACERDA, A.K.G. 2004 Alterações na composição e distribuição longitudinal da ictiofauna na área de influência do reservatório de Chapéu d’Uvas, bacia do rio Paraíba do Sul (MG), pouco depois da sua implantação. Revista Brasileira de Zoociências, Juiz de Fora, 1(6): 45-60.

PERES, M.B.; KLIPPEL, S.E.; VIANNA, M.A.C. 2007 Áreas de exclusão de pesca propostas no processo de gestão participativa da pesca artesanal no litoral norte do Rio Grande do Sul: um relato de experiência. In: MMA. Áreas aquáticas protegidas como instrumento de gestão pesqueira.Brasília: 4: 131-144.

RIBEIRO, M.C.L.B.; PETRERE-JÚNIOR, M.; JURAS A.A. 1995 Ecological integrity and fisheries ecology of the Araguaia-Tocantins river basin, Brazil. Regulated Rivers: Research and Management, 1(11): 325-350.

SANTOS, G.M. e SANTOS, A.C.M. 2005 Sustentabilidade da pesca na Amazônia. Acta Amazônica, Manaus, 54(19): 165-182.

SEDREZ, M.C.; SANTOS, C.F.; MARENZI, R.C.; SEDREZ, S.T.; BARBIERI, E.; BRANCO, J.O. 2013 Caracterização socioeconômica da pesca artesanal do camarão sete-barbas em Porto Belo, SC. Boletim do Instituto de Pesca, São Paulo, 3(39): 311-322.

SETEPS- SECRETARIA EXECUTIVA DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL. 2003 A pesca artesanal do Estado do Pará: perfil sócio-econômico e organização dos pescadores filiados às Colônias. Belém: SETEPS/SINE-PA, 154p.

SILVA, M.C.; OLIVEIRA, A.S.; NUNES, G.Q. 2007 Caracterização socioeconômica da pesca artesanal no município de Conceição do Araguaia, estado do Pará. Amazônia Ciência & Desenvolvimento. Belém, 4(2): 37-51.

WHA - WORLD HEALTH ASSOCIATION. Qualitative research for health programmes.Geneva: WHA, 1994. 102p.
Published
2016-03-30
How to Cite
FLEXA, Cassio Eduardo; SILVA, Kátia Cristina Araújo; CINTRA, Israel Hidenburgo Aniceto. Artisanal fishermen downstream of Tucuruí Hydroelectric Power Plant, Amazon, Brazil. Boletim do Instituto de Pesca, [S.l.], v. 42, n. 1, p. 221-235, mar. 2016. ISSN 1678-2305. Available at: <https://pesca.sp.gov.br/boletim/index.php/bip/article/view/1130>. Date accessed: 13 aug. 2022. doi: https://doi.org/10.20950/1678-2305.2016v42n1p221.
Section
Short Communication